Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2015 > 04 > Correição registra resultados expressivos na 2ª Vara do Trabalho de João Pessoa

Correição registra resultados expressivos na 2ª Vara do Trabalho de João Pessoa

Unidade apresentou resultados expressivos em sua produtividade

Ações do documento

O presidente e corregedor do Tribunal do Trabalho da Paraíba, desembargador Ubiratan Delgado, realizou correição periódica anual na 2ª Vara do Trabalho de João Pessoa, no período de 11 a 13 de março do corrente ano.

Em suas considerações, o desembargador destacou que a 2ª Vara do Trabalho de João Pessoa apresentou resultado bastante expressivo em relação aos processos pendentes nas fases de conhecimento e de execução, cuja redução superou o percentual de 62% em relação ao período anteriormente correicionado.

Entre outros destaques, foi registrado em Ata o resultado expressivo em relação aos processos pendentes nas fases de conhecimento e de execução, além dos excelentes prazos médios da unidade compreendidos entre a conclusão e a prolatação da sentença. O corregedor ressaltou o percentual de conciliação alcançado pela Vara no patamar de 27,85%, atendendo ao disposto 1º do artigo 764 da CLT, que estabelece que os TRTs empregarão sempre os bons ofícios e persuasão no sentido de uma solução conciliatória do conflito.
Também mereceu destaque o desempenho da Unidade quanto a Meta 1 estabelecida pelo do CNJ (julgar quantidade maior de processos de conhecimento do que os distribuídos no ano corrente): em 2014 a Unidade correicionada autuou 1.366 processos e julgou 1.364, atingindo um percentual de 99,85%; em 2015, a Unidade correicionada autuou 144 feitos e julgou 169, alcançando um percentual de 117,36%.

O corregedor ressaltou o efetivo empenho de todos os integrantes da Vara, que com dedicação e comprometimento, colaboraram de forma decisiva para o resultado bastante positivo apresentado.

Além das magistradas Solange Machado (juíza titular) e Veruska Santana (juíza substituta) estiveram presentes durante a leitura da Ata da Correição, o juiz José Airton Pereira, diretor do Fórum Maximiano Figueiredo e a equipe da Secretaria da Corregedoria do TRT, coordenada por Paulo Lindenberg Castor de Lima e os servidores integrantes da Unidade. O resultado de todo o desempenho encontra-se consignado na Ata de Correição da Unidade correicionada, publicada na página da Corregedoria Regional.

O texto da ata encontra-se disponível para consulta na página da Corregedoria Regional:

https://www.trt13.jus.br/corregedoria