Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 04 > Desembargador corregedor encerra primeiro trimestre de correições na Vara de Itabaiana

Desembargador corregedor encerra primeiro trimestre de correições na Vara de Itabaiana

Próxima etapa será em Campina Grande

Ações do documento

publicado: 06/04/2016 11h45 última modificação: 30/09/2016 10h08

Dando continuidade ao calendário das correições para o exercício de 2016, o desembargador Eduardo Sérgio de Almeida, corregedor-geral da Justiça do Trabalho da Paraíba, esteve na Vara do Trabalho de Itabaiana para finalização dos trabalhos da correição ordinária na unidade.

Os trabalhos correicionais ordinários deste ano foram iniciados em fevereiro, quando foram visitadas a 9ª e a 2ª Varas de João Pessoa. No mês de março, os trabalhos continuaram na Central de Mandados Judiciais e Arrematações de João Pessoa, na 1ª Vara do Trabalho de João Pessoa, finalizando com a Vara do Trabalho de Itabaiana. Ainda no mês de janeiro, foi realizada correição na Vara do Trabalho de Guarabira, mas de natureza extraordinária.

Além da análise dos dados estatísticos do desempenho e produtividade da Unidade jurisdicional, que teve como destaque o índice de conciliação (49,08%) e a duração do processo na fase de conhecimento (49 dias), o desembargador corregedor pontuou a necessidade de acompanhamento desses dados pelo sistema Hórus, tanto em relação às informações de conteúdo judicial, quanto as relativas à parte administrativa do Tribunal, como uma importante ferramenta de gestão.

O desembargador corregedor também destacou que “em decorrência da crise econômica que o Brasil está enfrentando e dos recentes cortes orçamentários no Poder Judiciário, todos os tribunais do trabalho do país estão adotando medidas austeras para adequar as despesas ao orçamento aprovado para este ano”, e pediu a colaboração de todos na otimização dos recursos (energia, água, telefonia, materiais de expediente) com o intuito de reduzir despesas, ressaltando que a administração tem buscado medidas para evitar a perda de qualquer benefício, vantagem ou direito, tanto dos magistrados como dos servidores.

A próxima etapa das correições será na próxima semana, no período de 11 a 14 de abril, quando estarão sendo correicionadas as 4ª e 5ª Varas do Trabalho de Campina Grande.