Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 04 > Trabalho Seguro pode virar disciplina eletiva nas Escolas Técnicas da PB

Trabalho Seguro pode virar disciplina eletiva nas Escolas Técnicas da PB

Reunião com o secretário de Educação supera expectativa dos gestores

Ações do documento

publicado: 07/04/2016 13h29 última modificação: 30/09/2016 11h07

Os juízes do Trabalho Antônio Eudes Vieira Júnior (auxiliar da Presidência) e George Falcão Coelho Paiva (gestor do Trabalho Seguro na Paraíba) saíram bastante otimistas da reunião que tiveram, nesta terça-feira (5), com o secretário Estadual de Educação, Aléssio Trindade de Barros. A visita dos magistrados era para discutir uma forma de inserir na grande curricular dos estudantes da rede estadual de ensino noções de acidentes de trabalho e saúde do trabalhador no ambiente de trabalho.

Os magistrados informaram ao secretário de Educação, que segundo estudos da Fundacentro (maior centro de pesquisa da América Latina na área de Segurança e Saúde no Trabalho (SST), esta discussão se enquadra em, pelo menos, 20% das disciplinas já existentes nas instituições brasileiras.

O que seria apenas sugestão, transformou-se em possibilidade real de inclusão de uma matéria para alunos das escolas técnicas estaduais da Paraíba.

 

Elogios

Na ocasião do encontro, foi entregue ao chefe da pasta da Educação, materiais didáticos em forma de gibis e cartilhas educativas direcionadas para estudantes e classe trabalhadora, confeccionadas nos idiomas de inglês, francês, espanhol, além do português, produzidas pela Associação Nacional dos Magistrados (Anamatra).

O secretário também recebeu o DVD com quatro vídeos institucionais produzidos pela Assessoria de Comunicação Social do TRT que abordam situações de saúde do trabalhador, com dicas de direitos e deveres do trabalhador e do empregador para garantir o trabalho seguro. Dois vídeos enfocam a necessidade e o uso correto dos equipamentos de proteção individual. Outro vídeo informa que o acidente na rua, quando o funcionário está de serviço, é acidente de trabalho e o último vídeo enfoca que a doença em razão do serviço também é acidente de trabalho.

Depois de ver e elogiar os vídeos, Aléssio Trindade se comprometeu com os juízes do TRT13 de providenciar a inserção do material no canal da See-PB no You Tube para conhecimento dos professores. O trabalho em vídeo, além de fácil compreensão, aproveita o forte traço popular dos mamulengos, com o talento do artista popular Edivaldo Nascimento, conhecido como Vaval. No ano passado, o teatro de bonecos do nordeste foi declarado Patrimônio Cultural do Brasil pelo Instituto Histórico e Artístico Nacional (Iphan).

 

Parceria

O interesse do secretário da Educação pelo Programa do Trabalho Seguro desenvolvido por este Tribunal superou as expectativas dos magistrados. Aléssio Trindade se propôs tornar o assunto conhecido de todos os alunos das escolas técnicas estaduais com a perspectiva de que o tema passe a ser uma disciplina eletiva.

Na Paraíba, existem três escolas técnicas integrais instaladas nos municípios de João Pessoa, Campina Grande e Bayeux. O principal foco das instituições é o projeto de vida dos seus alunos, onde, apesar de terem que seguir regras, eles têm autonomia para decidir e traçar o próprio currículo de acordo com a carreira que querem seguir.

A Escola Técnica Estadual de Bayeux é a que está mais vibrante até pelos cursos que oferece como o de Mecânica e o de Design de Móveis. Podemos fazer uma ação concreta com os alunos da escola já que eles estão diretamente ligados ao trabalho. “O que poderia ser até a produção de um vídeo”, disse o secretário.

Aléssio acredita, também, que esta discussão pode causar impacto na Educação “se conseguirmos sistematizar para professores de outras escolas estaduais usando esse tema de maneira transversal de forma que não cubra toda aula, mas discutindo a importância do trabalho seguro mais objetivamente ao longo do ano”.

 

Comemorações

 

No próximo dia 28, será celebrado o dia em memória às vítimas de acidentes de trabalho com várias ações pelo Brasil. O TRT13 vai realizar, no Liceu Paraibano, em data a ser definida, uma manhã com palestras, distribuição de materiais educativos e apresentação do grupo de teatro Justiça em Pauta, que o contará com a participação da Secretaria de Educação do Estado.

No dia 10 de outubro, comemora-se o dia da saúde e segurança do trabalho nas escolas quando o TRT13 fará uma ampla atividade com escolas da Paraíba. Até lá, como iniciativa, o secretário permitiu aos gestores do Programa do Trabalho Seguro na Paraíba, os juízes George Falcão André Machado a realização, na Escola Técnica Estadual de Bayeux, de um debate mais qualificado com os alunos seguido da apresentação dos vídeos dos mamulengos.

A ideia é que, a partir daí, os alunos da escola de Bayeux sejam desafiados a produzir um vídeo, elaborar uma redação ou qualquer projeto interessante que possa ser replicado nas escolas técnicas do Estado. Verônica Fragoso, assessora de gabinete da Secretaria Pedagógica e responsável pela divulgação de todas as ações da See-PB, sugeriu que o trabalho do aluno vencedor seja apresentado nas comemorações de outubro.

 

Portas Abertas

O Regional sempre realizou ações pontuais em muitos setores da sociedade. Nas escolas, é fazer com que os estudantes sintam a necessidade de plantarem essa semente. E como atividade extraclasse, com visitas às fábricas da região e realização de palestras E, em conjunto com a Secretaria, preparar um material que norteie essa ideia, ao mesmo tempo, coloca-se à disposição para proferir uma palestra para alunos e professores das escolas públicas estaduais.

O Tribunal Trabalho da Paraíba vem abrindo suas portas para outras instituições com a proposta de que, segundo o juiz auxiliar da Presidência, Antônio Eudes Vieira Júnior, ninguém vive isoladamente. A missão do TRT não é só julgar processos trabalhistas, nem decidir conflitos entre trabalhador e patrão. “A Justiça do Trabalho tem, também, um braço social, de cidadania, com várias ações de responsabilidade socioambiental”, concluiu