Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 04 > TRT da Paraíba é o primeiro do Brasil a adotar a Pesquisa Personalizada para Advogados

TRT da Paraíba é o primeiro do Brasil a adotar a Pesquisa Personalizada para Advogados

Solenidade aconteceu nesta sexta-feira (8)

Ações do documento

publicado: 13/04/2016 09h00 última modificação: 30/09/2016 10h37

Uma ferramenta capaz de facilitar a busca de interesse de um ou mais advogados publicadas no Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho (DEJT), foi lançada nacionalmente no Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) nesta sexta-feira (8). Trata-se da Pesquisa Personalizada para Advogados (PPA), ferramenta demandada por diversos tribunais trabalhistas, que foi formatada pelo Comitê Gestor do Diário Eletrônico da Justiça do Trabalho (DEJT), grupo vinculado ao Conselho Superior da Justiça do Trabalho (CSJT/TST).

O presidente do TRT-PB, desembargador Ubiratan Delgado, falou do projeto, que é nacional. “A grande satisfação é saber que nós estamos, com isso, nos mantendo na vanguarda do PJe-JT. São ferramentas interessantes e poderosas para melhorar a vida do advogado e, no final das contas o beneficiado é o jurisdicionado, a população".

“A Paraíba, mais uma vez ousou em ser pioneira, disponibilizando para os juristas que militam nesta justiça especializada o módulo PPA, dando continuidade histórica na eletronização dos procedimentos judiciais.”, disse o coordenador da COPI, Rômulo Araújo Carvalho, durante apresentação da ferramenta no auditório do Pleno do TRT.

A implantação dessa nova ferramenta/funcionalidade facilitará o dia a dia dos advogados e escritórios na busca de matérias de interesse de um ou mais advogados, onde o cadastro para acesso será vinculado às inscrições que os usuários possuem junto ao Conselho Federal da OAB. O primeiro acesso à ferramenta foi feita pelo advogado Rodrigo Dalbone Lopez Bleços, que atendendo convite, fez o cadastro no PPA mostrando aos advogados presentes na solenidade, como funciona a ferramenta.

Sustentação oral

Na ocasião, também foi apresentado o Módulo de Inscrição Eletrônica (MIE) para sustentação oral na Segunda Instância dos processos que tramitam no sistema PJe-JT. A apresentação foi feita pelo secretário do Tribunal Pleno, Vladimir Azevedo. O Módulo foi acessado pelo advogado Marcelo Dias Assunção. Presente a solenidade, o presidente da OAB PB, advogado Paulo Maia destacou a convivência harmônica das duas instituições, que possuem o mesmo objetivo comum que é facilitar a vida e o trabalho dos advogados.

Escritórios Virtuais

Os advogados poderão ser agrupados em “Escritórios Virtuais” com um gestor e um ou mais participantes. Os escritórios são usados para que as consultas retornem matérias onde qualquer um de seus participantes tenha sido intimado ou citado. Com isso, elimina-se o número de consultas que usuários precisam realizar para encontrar publicações de interesse a seus pares.

Segundo Rômulo Carvalho, a ferramenta foi desenvolvida para atender aos mais de 965 mil advogados brasileiros. O módulo desenvolvido pelo Comitê Gestor recebeu o apoio do TRT da 12ª Região. Via e-mail, a gestora nacional do DEJT do CSJT, Lílian Dantas fez questão de parabenizar o presidente do TRT da Paraíba, desembargador Ubiratan Delgado pelo pioneirismo no lançamento, em nível nacional, da nova ferramenta.

Planejamento Estratégico

O Projeto que envolve o PPA e o MIE, atende aos Objetivos 2 e 4 do Planejamento Estratégico que preveem, respectivamente, efetivar as decisões judiciais e aprimorar a Comunicação Institucional, atendendo também os atributos de valor: Justiça, Celeridade, Transparência e Efetividade. Tem como gestor o servidor Rômulo Araújo Carvalho, e a equipe é formada pelos servidores, Agenor da Costa Júnior, Filipe Germano Silva Costa e Marconildo Ayres de Oliveira.

Participaram ainda da solenidade os juízes Marcello Maia, presidente da Amatra 13 e Francisco de Assis Almeida e Silva, secretário-geral da OAB PB. O presidente da OAB Nacional, advogado Cláudio Pacheco Prates Lamanchia foi representado na solenidade pelo presidente da OAB PB, advogado Paulo Maia.