Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 06 > TRT realiza Semana da Conciliação de 13 a 17 de junho

TRT realiza Semana da Conciliação de 13 a 17 de junho

Varas do Trabalho vão priorizar audiências para tentativas de acordo

Ações do documento

As Varas do Trabalho da Paraíba vão priorizar as audiências para tentativas de acordo no período de 13 a 17 de junho. A recomendação é do vice-presidente do TRT, desembargador Eduardo Sérgio de Almeida, conforme o Ato TRT GP Nº 015/2016. No período acontecerá a Semana Nacional da Conciliação Trabalhista, com o lema “Conciliação: você participa da solução”.

Realizada anualmente no âmbito dos órgãos da Justiça do Trabalho de 1º e 2º graus, a Semana da Conciliação tem o objetivo de implementar medidas que proporcionem maior rapidez aos processos trabalhistas e favorecer o diálogo entre as partes na conciliação de processos.

Na Paraíba, competirá a cada magistrado estabelecer os processos que deverão ser pautados, mas a recomendação é para que sejam incluídas as reclamações trabalhistas dos maiores litigantes; as que se encontrem em arquivo provisório; as pendentes de agravo de instrumento pelo TST; as com prioridades legais, as com hastas públicas designadas; as conclusas para julgamento, e as com audiência de instrução ou inicial aprazadas com prazo superior a 30 dias, dando preferência às datas de maior prazo.

As audiências poderão ser realizadas no Núcleo Permanente de Métodos Consensuais de Solução de Conflitos – Nucon, em comum acordo com a coordenadora, juíza Ana Paula Cabral. Na segunda instância, ficará a cargo dos Desembargadores, a adoção de procedimentos com o objetivo de promover a conciliação dos processos de competência recursal, priorizando os que estiverem aguardando despacho de seguimento em recurso de revista ou os que tiverem o recebimento denegado e não foram remetidos à Vara do Trabalho de origem.

Acordos

Criado pelo CNJ, o evento ocorre anualmente desde 2006, e conta com a participação de todos os tribunais dos ramos federal, estadual e trabalhista do Poder Judiciário. O mutirão consiste na seleção dos processos com possibilidade de acordo e na intimação das partes para que elas solucionem seus conflitos de forma pacífica.

Ato na íntegra