Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 10 > Eduardo Sergio e Wolney Cordeiro são eleitos presidente e vice do TRT

Notícias

Eduardo Sergio e Wolney Cordeiro são eleitos presidente e vice do TRT

Posses acontecerão em janeiro

Ações do documento

O Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) elegeu nesta quarta-feira (26) os novos dirigentes para o biênio 2017/2018. As posses dos eleitos acontecerão na primeira quinzena de janeiro, em data a ser definida. A eleição foi conduzida pelo atual presidente, o desembargador Ubiratan Delgado, com a presença de todos os desembargadores. Em votação secreta e unânime, os desembargadores Eduardo Sergio de Almeida e Wolney de Macedo Cordeiro foram eleitos, respectivamente, presidente e vice-presidente e corregedor do Regional

“O Tribunal está em excelentes mãos e esta eleição demonstra, mais uma vez, a unidade desta Corte em torno de propósitos públicos e republicanos. Estamos à disposição para ajudar no que for necessário. A transição já vem sendo feita há muito tempo, mesmo informalmente e, agora, essa tarefa será executada com mais afinco”, disse o presidente do TRT13 ao anunciar o resultado da eleição.

O desembargador Eduardo Sergio de Almeida agradeceu a confiança dos colegas de bancada. “Farei tudo que estiver ao meu alcance para fazer uma administração a altura dos presidentes que me antecederam”, afirmou. O vice-presidente eleito, desembargador Wolney de Macedo Cordeiro também agradeceu aos colegas desembargadores a confiança e enfatizou a alegria em pertencer a um tribunal harmônico e solidário. “Assumo esse novo encargo como uma missão e não por nenhum sentimento de vaidade”.

Antiguidade preserva a paz e a unidade dos Tribunais

O procurador-geral do Ministério Público do Trabalho na Paraíba, Paulo Germano Costa de Arruda parabenizou os eleitos e destacou a dignidade moral e capacidade intelectual dos desembargadores eleitos. “Destaco a maturidade do TRT em continuar mantendo o critério de antiguidade para a escolha de seus gestores. Esse critério tem preservado a paz e a unidade das cortes brasileiras. Nos sentimos confortáveis com essa escolha e desejamos uma administração profícua e operosa para o enfrentamento dos grandes desafios que o serviço público e a sociedade brasileira enfrentarão nos próximos anos”, concluiu.

Escolha das Comissões

Previamente estabelecida, o desembargador Ubiratan Delgado apresentou a composição das comissões escolhidas pelos desembargadores em voto aberto. A Primeira Turma vai permanecer composta pelos desembargadores Paulo Maia, indicado como novo presidente, Ana Maria Madruga, Carlos Coelho e Leonardo Trajano.

A Segunda Turma passa a ser composta pelo desembargador Assis Carvalho, reconduzido ao cargo de presidente, e pelos desembargadores Edvaldo de Andrade, Thiago Andrade e Ubiratan Delgado, que ocupará a vaga deixada pelo desembargador Wolney Cordeiro que vai assumir a vice-presidência do Tribunal e a Corregedoria.

Para a diretoria da Escola Judicial foi eleito o desembargador Ubiratan Delgado e o juiz Paulo Henrique que continuará como vice-diretor.

Ouvidoria

- Desembargador Thiago Andrade – (ouvidor)

- Desembargador Edvaldo de Andrade (ouvidor substituto)

Comissão de Jurisprudência

- Desembargador Wolney Cordeiro (presidente)

- Desembargador Edvaldo de Andrade

- Desembargador Leonardo Trajano

Comissão de Regimento Interno

- Desembargador Assis Carvalho (presidente)

- Desembargador Edvaldo de Andrade

- Desembargador Ubiratan Delgado

Comissão de Vitaliciamento

- Desembargadora Ana Maria Madruga (presidente)

- Desembargador Assis Carvalho

- Desembargador Ubiratan Delgado

Comissão da Revista

- Desembargador Ubiratan Delgado (presidente)

- Juiz Paulo Henrique Tavares da Silva

- Juíza Herminegilda Leite Machado

Composição do TRT13

O Pleno do Tribunal Regional do Trabalho é composto pelos desembargadores Ubiratan Moreira Delgado (presidente), Eduardo Sergio de Almeida (vice-presidente), Ana Maria Ferreira Madruga, Francisco de Assis Carvalho e Silva, Carlos Coelho de Miranda Freire, Edvaldo de Andrade, Paulo Maia Filho, Wolney de Macedo Cordeiro, Leonardo José Videres Trajano e Thiago de Oliveira Andrade.