Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 10 > Implantação de ferramenta que mapeia ocorrências e riscos para Oficiais de Justiça completa um ano

Notícias

Implantação de ferramenta que mapeia ocorrências e riscos para Oficiais de Justiça completa um ano

Projeto nasceu de uma preocupação da presidência do Regional com a segurança e os riscos enfrentados pelos Oficiais de Justiça

Ações do documento

Identificar os riscos e ocorrências mais comuns relativas ao trabalho realizado pelos Oficiais de Justiça do Tribunal do Trabalho da Paraíba ficou mais fácil a partir da implantação do projeto Mapeamento de Ocorrências e Riscos, realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Segurança e Defesa Social da Paraíba (SESDS). De acordo com o diretor de Segurança e Transportes do TRT, Jefferson Pereira, o projeto é pioneiro no país e foi lançado durante o I Simpósio de Segurança Pessoal e Institucional, que aconteceu em 2015.

A implementação do mapeamento foi possível graças ao geoprocessamento de dados recebidos da SESDS, bem como de uma preocupação da presidência do Regional com a segurança e os riscos enfrentados pelos Oficiais de Justiça, que sempre demandaram uma necessidade de melhor atenção. A Segurança e Transportes do TRT está comemorando um ano de sucesso após a implantação do projeto. Na ocasião, foi aplicado um questionário para mapeamento de ocorrências, com perguntas referentes aos principais problemas enfrentados pelos Oficiais de Justiça durante a realização do seu trabalho.

Na época, foi disponibilizada, na intranet, uma ferramenta onde o Oficial de Justiça poderia inserir informações relativas às principais ocorrências e riscos por ele enfrentados, a exemplo do deslocamento em áreas de risco, agressões verbal e física, ataque de animais, prejuízo à notificação, entre outras. Além disso, foi disponibilizado para a categoria os contatos telefônicos dos delegados da Polícia Civil e comandantes da Polícia Militar das respectivas jurisdições, o que favorece a comunicação em caso sinistro que necessite de apoio policial.

Jefferson Pereira disse que, “graças a esta ferramenta é possível a verificação dos riscos e ocorrências mais comuns relativas ao trabalho dos Oficiais de Justiça, o que favorece a aplicação de ações preventivas e a celeridade processual tão almejada pela Justiça do Trabalho”.