Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 11 > TRT inicia mais uma turma do Projeto e-Saber

Notícias

TRT inicia mais uma turma do Projeto e-Saber

Estudantes da Escola Municipal Virgínius da Gama e Melo estão sendo beneficiados

Ações do documento

Até o dia o 7 do próximo mês, 15 estudantes do ensino fundamental da Escola Municipal Virgínius da Gama e Melo, localizada no bairro de Mangabeira I, em João Pessoa, terão aulas básicas de montagem e manutenção de Micros. Esta é mais uma edição do Projeto e-Saber, de inclusão social, que o Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) promove com o objetivo de incentivar o uso da informática e preparar jovens das comunidades carentes da Grande João Pessoa para o mercado de trabalho.

As aulas estão sendo ministradas por técnicos e analistas do quadro de servidores do TRT às segundas, terças e quartas-feiras, no horário de 14h30 às 16h30, no Laboratório da Escola Judicial do TRT da Paraíba e terá uma carga horária total de 30 horas.

Todo o material didático, em formato digital a ser utilizado foi confeccionado pela Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic), sendo atualizado e contendo a teoria necessária e exercícios práticos propostos para realização em sala de aula.

Certificação

Ao final do curso, os estudantes receberão certificado, homologado pelo Tribunal, com o aproveitamento do aluno. A Credjust, a Prefeitura de João Pessoa e a Amatra 13 são colaboradoras, assumindo as despesas de fardamento, transporte e lanche. A elaboração do projeto tem a participação do juiz auxiliar da Presidência, Antônio Eudes Vieira Júnior e dos servidores Luiz Alberto Alves dos Santos (Coordenador de Suporte Primário ao Processo Eletrônico), Erickson Benjamim Melo de Arruda, Fernando Tadeu Gambarra Moura, Omar Khayam Meira de Sousa e Maria Devânia Cabral de Sousa.

Para a sua realização, foi necessário o apoio da Administração do TRT, especialmente do Gabinete da Presidência, Juízo Auxiliar da Presidência, Gabinete da Direção Geral, Secretaria Administrativa, Serviço de Material, Patrimônio, Conservação e Limpeza, Serviço de Segurança e Transportes, Secretaria de Gestão de Pessoas, Administração do Fórum e Escola Judicial. Todos os módulos deverão ser monitorados pela Secretaria de Gestão de Pessoas (Segepe).