Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2016 > 12 > TRT da Paraíba atinge nível intermediário em Governança e Gestão de Pessoas

Notícias

TRT da Paraíba atinge nível intermediário em Governança e Gestão de Pessoas

Na avaliação do TCU, Regional paraibano ficou com a 5ª colocação no Brasil entre os TRTs

Ações do documento

O Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) atingiu o Nível Intermediário no perfil de Governança de Pessoas – IGov Pessoas do ciclo 2016, questionário elaborado pelo Tribunal de Contas da União – TCU que visa avaliar a situação atual e a evolução da governança e da gestão de pessoas na Administração Pública Federal. Tanto a Meta 1 da Justiça do Trabalho quanto o Planejamento Estratégico Institucional do Tribunal estabeleciam o ano de 2018 como alvo para se atingir o nível intermediário.

O questionário, organizado em duas partes, solicitava dados de apoio, que prestam-se à coleta de informações cadastrais da organização, além de instrumento de avaliação da governança e da gestão de pessoas, agrupados em 16 fatores de sucesso: Liderança da Alta Administração; Planejamento Organizacional; Planejamento da Gestão de Pessoas; Planejamento da Força de Trabalho; Unidade de Gestão de Pessoas como Parceira Estratégica; Gestão da Liderança e Processo Sucessório; Treinamento e Desenvolvimento; Gestão do Conhecimento; Comunicação; Avaliação de Desempenho; Reconhecimento; Relações com os Colaboradores; Perfil Profissional e de Atividades; Recrutamento e Seleção; Retenção; e Accountability.

A diretora da Secretaria de Gestão de Pessoas (Segepe), Suy-Mey Carvalho de Mendonça Gonçalves, informou que o TRT, no levantamento anterior, feito em 2013, atingiu 35,73%, e este ano chegou a 58,76% na avaliação do TCU, deixando esse Regional em 5º lugar no Brasil entre os TRTs.

“Além disso, o que a Meta 1 da Justiça do Trabalho e o Planejamento Estratégico Institucional do Tribunal estabeleciam para o ano de 2018, como alvo para se atingir o nível intermediário, foi alcançado com mérito pelo Regional”, disse a diretora da Segepe, ao mesmo tempo em que parabenizou todas as unidades que participaram para o alcance desse índice, bem como aos servidores da Secretaria de Gestão de Pessoas responsáveis pela coleta e envio dos dados ao TCU. O próximo levantamento será no final de 2018.