Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2017 > 02 > Visita ao Tribunal de Justiça trata do pagamento de precatórios

Notícias

Visita ao Tribunal de Justiça trata do pagamento de precatórios

Desembargador Eduardo Sergio esteve com o presidente do TJ, Joás Brito Filho

Ações do documento

publicado: 14/02/2017 08h10 última modificação: 16/02/2017 11h00

Os presidentes do Tribunal do Trabalho da Paraíba, desembargador Eduardo Sergio de Almeida e do Tribunal de Justiça do Estado, desembargador Joás de Brito Pereira Filho, se encontraram nesta segunda-feira (13) para tratar do pagamento de precatórios e buscar parcerias na área de tecnologia da informação.

O encontro aconteceu no Tribunal de Justiça e o desembargador Eduardo Sergio de Almeida estava acompanhado do vice-presidente e corregedor do TRT13, desembargador Wolney de Macedo e do juiz auxiliar Marcello Maia. O presidente do TRT explicou que os precatórios do estado e dos municípios são repassados ao Tribunal de Justiça, que transfere um percentual para a Justiça do Trabalho e para a Justiça Federal. “Esse percentual da Justiça do Trabalho estava suspenso e voltará a ser pago. Em breve vamos agendar uma reunião do comitê gestor dos precatórios na Paraíba, que é formado por representantes do Tribunal de Justiça, Justiça Federal e Justiça do Trabalho, para tratar desse assunto”, disse.

Eduardo Sergio também falou das parcerias que podem surgir na área de tecnologia da informação: “As parcerias que vamos firmar na área de tecnologia serão fundamentais para as instituições. Temos que trabalhar em conjunto, buscando o bem comum.

O desembargador Joás de Brito Pereira Filho considerou a visita como importante e necessária e afirmou que o problema verificado no pagamento de precatórios será solucionado. “Vamos tomar medidas para resolver esse problema”, disse. Na área de tecnologia reafirmou a disposição em firmar parcerias: “Vamos oferecer e receber o que cada instituição tem de melhor”, concluiu.

Pelo Tribunal de Justiça participaram do encontro, o desembargador Márcio Murilo da Cunha Ramos, o juiz auxiliar da presidência, José Guedes Neto, que responde pela pasta de precatórios, e o diretor de Tecnologia da Informação, Giuseppe Guido.