Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2017 > 06 > Sistema desenvolvido no TRT da Paraíba é apresentado ao CSJT, em Brasília

Notícias

Sistema desenvolvido no TRT da Paraíba é apresentado ao CSJT, em Brasília

Módulo do SAOPJe será distribuído nacionalmente

Ações do documento

publicado: 27/06/2017 10h13 última modificação: 27/06/2017 10h26

O diretor da Secretaria de Tecnologia da Informação e Comunicação (Setic), Rodrigo Cartaxo, apresentou na semana passada aos membros do Grupo de Negócio Nacional do PJe, no Conselho Nacional da Justiça do Trabalho – CSJT, em Brasília, ferramenta desenvolvida pelo Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) com o objetivo facilitar a distribuição dos processos entre os servidores das Varas do Trabalho.

Desenvolvido como módulo do Sistema de Apoio Operacional do PJe (SAOPJe), o relatório denominado “Processos do Servidor” utiliza informações do PJe e do GIGS de forma integrada, servindo como plataforma única de trabalho dos servidores das Varas em substituição ao painel do usuário. Numa única tela o servidor controla todos os processos sob sua responsabilidade, gerencia seus prazos internos e realiza as tramitações diretamente no PJe, sem necessidade de realizar uma busca exaustiva por seus processos nas inúmeras tarefas e caixas disponibilizadas no painel da Unidade.

A ferramenta está em fase final de desenvolvimento e deverá ser liberada para produção nas Varas da Paraíba no final do mês de Julho. Sua liberação nacional aos demais regionais do trabalho deverá ocorrer junto a versão 1.16 do PJe.

SAOPJe

O SAOPJe é um sistema desenvolvido pela Setic e disponibilizado aos 24 regionais trabalhistas por meio do Acordo de Cooperação Técnica nº 25, de novembro de 2016. A ferramenta, que surgiu diante da necessidade de fornecimento de informações gerenciais às unidades em tempo real, rende elogios ao Regional paraibano desde sua nacionalização, e sua adesão pelos demais regionais cresce a cada nova funcionalidade implementada.

Ao final da apresentação, o grupo aplaudiu a iniciativa e aprovou a nova funcionalidade, que deverá integrar a versão 2.2 do SAO Nacional.