Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2017 > 06 > TV TST grava reportagens na Paraíba

Notícias

TV TST grava reportagens na Paraíba

Trabalhos vão mostrar Sistema Hórus e temas que envolvem as festas juninas

Ações do documento

publicado: 22/06/2017 12h35 última modificação: 27/06/2017 15h15

Uma equipe da TV TST esteve na Paraíba na semana passada produzindo uma série de reportagens mostrando uma ferramenta de gestão desenvolvida pelo Tribunal do Trabalho da Paraíba, (Sistema Hórus) e envolvendo temas como as festas juninas, o trabalho temporário e pontos turísticos das cidades de João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo. As reportagens serão exibidas no programa Jornada, que é exibido pela TV Justiça com produção do Tribunal Superior do Trabalho (TST).

Trabalho temporário

No roteiro, uma entrevista com a costureira Edileuza Almeida, dona de um ateliê especializado na produção das roupas que vestem as quadrilhas juninas. Nessa época, a costureira produz uma média de 400 vestidos e outras peças de roupas e para dar conta da demanda, se tornou uma microempreendedora individual e contratou, este ano, 6 costureiras para poder cumprir os prazos determinados.

“Além das roupas dos quadrilheiros eu produzo vestidos, camisas e coletes usando tecidos em xita e xadrez, que são os preferidos dos turistas”, disse Edileuza Almeida, satisfeita com o seu trabalho. O ateliê fica no bairro de José Pinheiro, em Campina Grande e o ajudante de costureira, Denilson Santos falou da sua alegria em ser contratado temporariamente. “Vim para trabalhar por 3 meses e a oportunidade veio numa boa hora”, disse. Este ano, a costureira assumiu a responsabilidade de vestir 3 quadrilhas juninas, com uma média de 38 componentes cada.

O complemento do vestuário das quadrilhas juninas em Campina Grande é da responsabilidade do sapateiro Álvaro Almeida, que é design em calçados e especialista em quadrilhas juninas. “Recebo da junina o modelo, repasso para um molde e aplico no material sintético. É sempre muito colorido e com brilho. Faço o trabalho há 30 anos nessa época do ano e não tenho noção de quantos pares de sapatos femininos e masculinos já produzi”, disse, destacando que este ano 63 quadrilhas juninas de vários estados do Brasil estão usando calçados produzidos por ele e sua família.

Jornada extra

O servidor do TRT da Paraíba, Edivaldo Pacheco, que é diretor de secretaria da 5ª Vara do Trabalho de João Pessoa foi um dos entrevistados do Programa Jornada. Dono de um apiário, Pacheco faz acupunturara com ferrões de abelha e comercializa mel e outros produtos com a matéria-prima, O seu trabalho será mostrado no quadro Jornada Extra.

Sistema Hórus

A reportagem vai mostrar o Sistema Hórus, uma ferramenta eletrônica de gestão administrativa e judiciária capaz de oferecer informações consolidadas e de maneira inteligente, que proporciona aos gestores a transformação desses dados em subsídios para a melhoria de gestão da unidade, garantindo melhores resultados para a instituição, e, consequentemente, para o público.

O sistema foi desenvolvido pela Coordenação de Estatística da Assessoria de Gestão Estratégica do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) e tem como objetivo prover as unidades administrativas e judiciárias de meios para acompanhar as Metas Nacionais do Poder Judiciário, Planejamento Estratégico 2015-2020. Foi apresentado pelo assessor de Gestão estratégica do TRT, Max Frederico Guedes Pereira.

São João e o turismo

A equipe da TV Justiça vai mostrar o Parque do Povo, onde acontece os festejos juninos. O espaço emprega milhares de pessoas, durante 30 dias, gerando renda para Campina Grande e outras cidades. Os principais pontos turísticos de João Pessoa, Campina Grande e Cabedelo vão ser exibidos na reportagem que será exibida até o dia 30. No roteiro estão a Praça João Pessoa, o Farol de Cabo Branco, a praia de Tambaú, o Casarão de Azulejos, a Praça Antenor Navarro, o Centro Cultural São Francisco, o Mercado de artesanato, a Estação do Cabo Branco e o Açude Velho, de Campina. A praia do Jacaré, com o pôr do sol e a apresentação de Jurandir do Sax tocando o Bolero de Ravel será exibido no quadro “Meu Trabalho é uma Arte”