Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2018 > dezembro > Escola Judicial do TRT promoveu quase 150 ações de capacitação no biênio

Notícias

Escola Judicial do TRT promoveu quase 150 ações de capacitação no biênio

Palestra de professor pernambucano encerra ano letivo

Ações do documento

A Escola Judicial do Tribunal do Trabalho da Paraíba (EJud) promoveu, ao longo deste ano de 2018, 78 ações de capacitação através de cursos, palestras, seminários e congressos, preparando mais de 1.500 magistrados e servidores. De janeiro a dezembro, a EJud certificou 227 magistrados, 1.211 servidores do TRT e outras 150 pessoas do público externo. O balanço foi apresentado nesta sexta-feira (7) pelo desembargador Ubiratan Delgado, diretor da escola, no encerramento do ano letivo.

Como o biênio administrativo está sendo encerrado, o desembargador também apresentou a performance da Ejud no ano de 2017. No ano, foram 70 ações de capacitação e emitidos 138 certificados para juízes, 1.654 para servidores e 325 para o público externo.

“Estamos encerrando o biênio da EJud com duas conquistas a registrar. A primeira é a consolidação de autonomia administrativa e financeira, que foi colocada no regimento do Regional no ano de 2016, mas que foi efetivamente implantada na gestão 2017-2018 e a segunda, a ampliação das capacitações”, disse o desembargador Ubiratan Delgado, acrescentando que em relação à autonomia administrativa e financeira, a escola passou a ordenar as despesas e resolver todas as suas questões administrativas.

O desembargador registrou que a escola atuou no biênio tanto na área meio quanto na área-fim da Justiça do Trabalho: “Enfrentamos temas cruciais para os destinos da Justiça do Trabalho, que foram a Reforma Trabalhista, em primeiro lugar, mas também os destinos e os caminhos da Justiça do Trabalho, nos próximos anos, diante do novo posicionamento ou reposicionamento do Brasil em que se insere a Justiça do Trabalho. Temos a convicção que contribuímos para que a Justiça do Trabalho avance”, disse, finalizando que o balanço extremamente positivo permite afirmar que “o biênio que se inicia, 2019/2020, será muito mais profícuo, muito mais produtivo com toda essa consolidação”.

Participação no evento

No encerramento do ano letivo, estavam presentes o diretor da Escola Judicial para o biênio 2019/2020, desembargador Thiago de Oliveira Andrade e o vice-diretor, juiz Lindinaldo Marinho. O juiz Paulo Henrique Tavares da Silva, atual vice-diretor da escola e as juízas Margarida Alves de Araújo Silva e Maria Iris Diógenes Bezerra participaram da solenidade.

Palestra

A palestra “As Metamorfoses e Crises das Relações Individuais e Sindicais e seus Impactos na Efetivação dos Direitos Sociais” apresentada pelo professor Everaldo Gaspar Lopes de Andrade, da Faculdade de Direito do Recife (PE), marcou o encerramento do ano letivo. O professor retratou as crises que estão sendo enfrentadas pelo mundo do trabalho, tanto do ponto de vista das relações individuais, quanto as suas metamorfoses. “Tratamos da desploretarização, desemprego estrutural, a terceirização e tantos outros fatores trazidos, sobretudo, pela tecnologia da informação, da comunicação, da robótica, etc, e o impacto dessas transformações do mundo do trabalho, como vem se processando no campo das relações sindicais, nas crises do sindicalismo contemporâneo”, disse Everaldo Gaspar.

Por Satva Costa e José Vieira Neto