Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2019 > 08 > Tribunal reduz tempo de duração do processo na fase de conhecimento

Notícias

Tribunal reduz tempo de duração do processo na fase de conhecimento

O indicador é alcançado pela primeira vez e está relacionado à celeridade na prestação jurisdicional

Ações do documento

O Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) atingiu, no mês de julho/2019, a meta estabelecida no indicador Tempo Médio de Duração do Processo na fase de conhecimento no 1º grau. O desafio do Regional é baixar o tempo entre o ajuizamento da ação até a prolação da sentença. A meta era de 132 dias e o TRT conseguiu reduzir para 126 dias.

Foi a primeira vez, desde 2015, quando o Planejamento Estratégico Institucional, aprovado pela RA 148/2014 (sexênio 2015/2020), que o Regional conseguiu atingir o indicador.

Prestação Jurisdicional

O indicador faz parte do Objetivo Estratégico, que visa efetivar as decisões judiciais e está ligado diretamente a Missão Institucional, que é promover uma prestação jurisdicional célere e eficaz. “Este indicador também compõe o Planejamento Estratégico da Justiça do Trabalho”, disse Max Frederico Guedes Pereira, assessor de Gestão Estratégica do TRT.

O resultado é fruto do empenho dos magistrados e servidores das Varas do Trabalho que, atentos às recomendações da Corregedoria (a exemplo da da realização de audiências Unas), das ferramentas de gestão, dos mapeamentos dos procedimentos (WIKI VT), dos treinamentos do PJe-JT e dos Encontros de Governança Judiciárias, conseguiram transformar os esforços em resultados positivos para os jurisdicionados.

“Este indicador é bastante desafiador para as Varas do Trabalho e o resultado satisfatório veio em função do engajamento de magistrados e servidores. Estes vem atuando em parceria com a Corregedoria, na pessoa do desembargador Leonardo José Videres Trajano”, observou o juiz Paulo Roberto Vieira Rocha, juiz auxiliar.

Jaquilane Medeiros