Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2019 > 11 > Tribunal reúne instituições para discutir Acessibilidade e Inclusão

Notícias

Tribunal reúne instituições para discutir Acessibilidade e Inclusão

Servidores e terceirizados participaram de vivência de como tratar a pessoa com deficiência física

Ações do documento

Romper as barreiras arquitetônicas, as físicas e as atitudinais para acolher a todos que procuram o TRT. Foi o propósito do 1º Encontro Regional e Audiência Pública – Acessibilidade e Inclusão realizado pelo Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região) nesta sexta-feira, no auditório do Fórum Maximiano Figueredo, em João Pessoa.

O evento é parte do projeto “Acessibilidade para todos”, patrocinado pelo juiz Adriano Dantas, auxiliar da presidência e gerido pela servidora Márcia Valério (SGP) que têm o papel estratégico de guiar uma equipe. O Encontro reuniu diversas entidades que representam pessoas com deficiência na Paraíba.

“Nossa intenção é ouvir de vocês aonde nós podemos mudar para melhorar o atendimento”, disse o juiz Adriano Dantas que exibiu um vídeo onde mostra que todas as pessoas são diferentemente iguais. Em seguida, foram convidados para compôr a mesa a diretora da Funad Simone Jordão; a vereadora de João Pessoa Helena Holanda; Suzi Belarmino, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência e Roberta Gomes, representando a deputada estadual Cida Ramos.

Palestras

A audiência pública envolveu o público interno e externo em um debate e em seguida foram iniciadas as palestras “Contextualizando a deficiência: da segregação à inclusão”, apresentada por Suzi Belarmino, presidente do Conselho Estadual dos Direitos da Pessoa com Deficiência e “Acessibilidade e Deficiência Física”, ministrada por Hellosman de Oliveira Silva, vice-Presidente do Conselho Estadual das Pessoas com Deficiências.

Outras duas palestras foram apresentadas: “Autismo e Acessibilidade”, por Erika Patrícia de Oliveira Gonçalves, coordenadora do Setor de Autismo de Funad e “A Inclusão Social e a Pessoa Surda”, ministrada por Elizângela de Lima Araújo, que é reabilitadora da Funad. O período da tarde ficou reservado à vivência de como tratar a pessoa com deficiência.

Participação especial

A solenidade teve a participação dos servidores Ricardo Oliveira e Petrônio Leitão, a vereadora Helena Holanda apresentou uma dança com um cadeirante e o grupo de teatro Justiça em Palco, do TRT fez uma apresentação especial de uma esquete.

O juiz Adriano Dantas esteve acompanhado pela gestora do projeto “Acessibilidade para todos”, Márcia Valério (SGP) e outros integrantes do projeto, que objetiva proporcionar à pessoa com deficiência, maior independência, qualidade de vida e inclusão social, por meio de treinamento e qualificação dos servidores do Tribunal, principalmente os que atuam no atendimento ao público. A proposta faz parte de uma política de fomentação da Acessibilidade na Justiça do Trabalho da Paraíba, sendo pioneira no TRT13.

Jaquilane Medeiros