Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2020 > 01 > 2020 > 01 > Justiça do Trabalho julga mais ações em 2019 do que 2018 na Paraíba

Notícias

Justiça do Trabalho julga mais ações em 2019 do que 2018 na Paraíba

As 27 Varas de Trabalho da Paraíba receberam, em 2019, quase 22 mil novos processos trabalhistas

Ações do documento

publicado: 21/01/2020 12h21 última modificação: 28/01/2020 10h03

As 27 Varas de Trabalho da Paraíba receberam, em 2019, quase 22 mil novos processos trabalhistas, 144 a mais do que no ano interior. O mês com o maior número ações iniciadas foi maio, com 2.141, seguido dos meses de julho (2.034) e outubro (2.112). Dezembro registrou o recebimento de 1.419 casos, o segundo menor do ano, depois de janeiro com 1.398 processos.

O comércio varejista ficou no topo da lista dos setores econômicos com maior número de reclamações. Somou 2.492 processos, atingindo 11,38% do total. A indústria da construção civil e mobiliária ficou com 1.876 novas reclamações trabalhistas, pontuando 8,57%.

Alpargatas S/A e AeC - Centro de Contatos S/A foram as empresas com mais processos inciados no ano passado. As duas tiveram 1.212 novas ações. O estado da Paraíba ficou na terceira colocação, com 448 casos. As principais reclamações são o não pagamento da multa de 40% do FGTS, aviso prévio e férias proporcionais.

Varas do Trabalho

As Varas de Trabalho dos municípios de João Pessoa, Campina Grande, Santa Rita, Patos e Sousa foram as que mais receberam processos. Do total de 21.892 casos novos, a capital registrou 10.174. Campina Grande somou 6.679, seguida de Santa Rita com 1.392, Patos com 991 e Sousa com 712.

Cinco varas de trabalho de Campina Grande ficaram, em 2019, com as primeiras posições em casos novos em todo o estado. A 1ª VT recebeu 1.004, a 2ª VT registrou 1.046, a 3ª recebeu 1.042, a 5ª teve 1004 e a 6ª VT somou 1.048 processos.

Das 27 Varas do Trabalho da Paraíba, 13 estão em João Pessoa, sete, em Campina Grande, e duas VTs, em Santa Rita. As cinco restantes estão localizadas nas cidades de Guarabira, Patos, Sousa, Itaporanga, Catolé do Rocha. Nos municípios de Monteiro e Picuí existem postos avançados da Justiça do Trabalho.

Segunda Instância

Na semana passada o TRT divulgou o número de processos julgados em Segunda Instância. Foram 13.516 processos julgados pelo Tribunal Pleno e na Primeira e na Segunda Turmas. Também na Segunda Instância, o maior número de ações trabalhistas julgadas envolveu o comércio varejista. O Tribunal do Trabalho da Paraíba é presidido pelo desembargador Wolney de Macedo Cordeiro.

Satva Costa