Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > 2020 > 03 > TRT julgou mais processos do que recebeu em 2019

Notícias

TRT julgou mais processos do que recebeu em 2019

Execução teve um aumento de mais de 6%

Ações do documento

publicado: 15/03/2020 11h33 última modificação: 16/03/2020 13h59

As 27 Varas do Trabalho da Paraíba receberam 21.911 processos de janeiro a dezembro de 2019, um aumento de 0,45% em relação ao mesmo período do ano anterior, quando foram recebidos 21.812 processos. Mensalmente, em média, foram recebidos 1.822 processos. No mês de maio aconteceu o maior pico, quando as VTs receberam 2.146 ações trabalhistas.

Dos 21.911 recebidos, os juízes do trabalho da Paraíba julgaram 24.339. Ou seja, houve uma queima de estoque das ações trabalhistas pendentes de 2018. Mensalmente, em média, foram julgados 2.253 processos entre 2018 e 2019. De janeiro a dezembro de 2019, foram julgados 11,1% mais do que recebidos.

Execução

Em relação a execução, as Varas do Trabalho encerraram 14.530 ações trabalhistas de janeiro a dezembro de 2019, um aumento de 6,2% em relação ao mesmo período do ano anterior. A execução trabalhista é a fase do processo em que se impõe o cumprimento do que foi determinado pela Justiça, o que inclui a cobrança forçada feita a devedores para garantir o pagamento de direitos. Significa, então, o fim do processo, que segue diretamente para o arquivo.

A Vara do Trabalho de Guarabira foi destaque no encerramento de execuções trabalhistas com 2.585 processos.

Conciliação

Em relação a conciliação, o percentual alcançado pelas Varas do Trabalho do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região), no período de janeiro a dezembro no ano de 2019, foi de 37,5%. A 2ª VT de Santa Rita foi a que obteve o maior percentual, 61,9%, seguida da 13ª VT de João Pessoa com 55,3% e da 12ª VT de João Pessoa com 54,3%.

Compilação

Os números foram consolidados pela Coordenadoria de Estatística e Pesquisa do Tribunal Superior do Trabalho (TST), que reuniu a movimentação processual de todas as Varas do Trabalho do País.

O TRT da 13ª Região, em trabalho conjunto do juiz auxiliar da Corregedoria, Secretaria da Corregedoria e Secretária-Geral Judiciária, incorporou a ideia, com a compilação dos dados das Varas do Trabalho do Estado da Paraíba.

O vice-presidente do Tribunal do Trabalho da Paraíba (13ª Região), desembargador Leonardo Trajano, é o corregedor do Regional e o juiz auxiliar é Paulo Roberto Vieira Rocha.