Você está aqui: Página Inicial > Comunicação Social > Notícias > Juíza do TRT-13 participa de lançamento de cartilha no Sindicato dos Bancários da Paraíba

Notícias

Juíza do TRT-13 participa de lançamento de cartilha no Sindicato dos Bancários da Paraíba

Na ocasião, a magistrada fez um alerta sobre as consequências do assédio na vida do trabalhador e o papel dos sindicatos para combater os casos

Ações do documento

publicado: 19/09/2022 14h58 última modificação: 26/09/2022 16h06

A juíza volante na Primeira Circunscrição Judiciária, Francisca Poliana Aristóteles Rocha de Sá, participou na noite desta quinta-feira (15) do lançamento da cartilha Enfrentamento ao Assédio Moral e Sexual no Trabalho Bancário e Demais Categorias, promovida pelo Sindicato dos Bancários da Paraíba, no auditório da sede em João Pessoa. A cartilha foi elaborada em conjunto com o Núcleo de Psicologia do Trabalho da Universidade Federal da Paraíba. Neste lançamento, a magistrada fez um alerta sobre as consequências do assédio na vida do trabalhador e o papel dos sindicatos para evitar que casos como estes se proliferem.

“O lançamento da cartilha demonstra o engajamento da sociedade para a prevenção do adoecimento dos trabalhadores, ante os dados estatísticos alarmantes sobre a incidência de assédio no trabalho. O enfrentamento a estes casos deve ser contínuo, para que haja a conscientização da sociedade sobre o direito de todos os trabalhadores e trabalhadoras ao trabalho sem assédio”, defendeu a juíza.

Para o secretário de Políticas Sociais e Saúde do Trabalhador, Washington Luiz Andrade, a interação entre instituições é fundamental para o combate e principalmente a prevenção ao assédio. "A participação da juíza Francisca Poliana nesse evento foi fundamental para despertar justamente essa importância de nos unirmos enquanto instituições e enquanto trabalhadores, para que um sustente na mão do outro. Ao ver um trabalhador no sofrimento, chegarmos juntos para acolhê-lo, e não deixar ele só,  em algum desses momentos quando o assédio estiver para acontecer", salientou.

Poliana montagem.jpg

André Luiz Maia
Assessoria de Comunicação Social TRT-13